Dicas Úteis

Tipos de Telhas: Conheça 5 e Saiba Como Escolher


    (10/12/18)  

A escolha de materiais dos diversos elementos que compõem a estrutura de uma casa deve ser muito bem pensada para evitar erros na construção ou reforma. Isso inclui uma boa pesquisa em relação aos tipos de telhas — itens fundamentais para o conforto e segurança dos moradores.

As opções disponíveis no mercado não são poucas, e cada uma tem características próprias que garantem durabilidade, conforto térmico, isolamento acústico, incidência de luminosidade etc. Neste post, você conhecerá as particularidades de 5 tipos de telhas que estão entre os mais comuns. Ao final, daremos algumas dicas de como você pode fazer a melhor escolha. Acompanhe!

1. Tipos de Telhas: Barro
As telhas de cerâmica, também conhecidas como de barro, são uma das opções preferidas para quem mora em regiões quentes. Elas vedam muito bem a temperatura já que são feitas de argila queimada ou cozida, deixando a casa mais fresca até mesmo nos meses de verão

Além disso, esse material está disponível em muitos modelos, como o colonial, romano, português etc. Essa variação permite que as telhas caiam bem em diversos tipos de estrutura, independentemente da inclinação ou forma, proporcionando uma grande versatilidade.

2. Tipos de Telhas: PVC
Esse é um dos tipos de telhas mais modernos e é o mais indicado para quem não dispõe de um orçamento muito grande, apresentando uma ótima relação de custo-benefício. As telhas de PVC também podem ser recicladas e reutilizadas para outros fins ao final de sua vida útil.

Elas são vendidas em placas que parecem conter várias telhas de cerâmica juntas, normalmente em estilo colonial ou ondulado. São fáceis de instalar, oferecem um bom isolamento térmico e têm bastante resistência às intempéries, apenas deve haver um cuidado redobrado para que fiquem bem fixadas, por serem muito leves.

3. Tipos de Telhas: Concreto
As telhas de concreto ou cimento também são muito utilizadas e se destacam pelo isolamento de temperatura — já que tem um índice baixo de condutividade térmica — e pela sua durabilidade, que supera à das de cerâmica por exemplo. Como se não bastasse, elas estão disponíveis em várias formas e cores.

Porém, quem opta por esse material deve estar atento à sua porosidade e, portanto, deve se lembrar de impermeabilizar as telhas com resina para que não absorvam a umidade, evitando um problema de infiltração. Toda vez que as telhas são lavadas, devem receber nova camada de selador.

4. Tipos de Telhas: Amianto
As telhas de amianto ou de fibrocimento, como também são conhecidas, são baratas e resistentes. Elas são bastante utilizadas em galpões e edifícios, mas não são muito indicadas para residências porque, apesar do baixo custo, têm vida útil mais curta.

Sua principal desvantagem, no entanto, está na fragilidade e leveza. Além de quebrarem mais facilmente que os demais tipos de telhas, durante a instalação, é preciso ter cuidado extra para fixá-las bem à estrutura. Como elas são muito leves, se não estiverem bem parafusadas, podem não resistir a fortes ventanias.

5. Tipos de Telhas: Ecológicas
Entre os muitos tipos de telhas, esse é um dos mais interessantes para quem se preocupa com o meio ambiente. As telhas ecológicas ou vegetais são produzidas a partir de fibras naturais e protegidas com resina para aumentar sua durabilidade. Dessa forma, são um ótimo exemplo de funcionalidade aliada à sustentabilidade.

Normalmente, os materiais que fazem parte de sua composição são polietilenos advindos de embalagens recicladas. Elas quase não absorvem umidade e, em sua grande maioria, não propagam chamas. Essa é uma escolha que garante conforto e modernidade, além de ser fácil de instalar e ter a opção de diversas cores.

Agora que você já conhece os tipos de telhas mais comuns, ficou mais fácil optar pelo que mais atende às suas necessidades, não é mesmo? Para isso, leve em conta o formato e a inclinação do seu telhado, as características do clima da região onde você mora e suas preferências em relação ao isolamento térmico.

E aí, já sabe qual vai escolher? Antes de ir, aproveite e leia nosso post sobre outros materiais essenciais para a reforma da casa!
Fonte: Só reparos